Coisas com as quais me identifiquei

por Mariposa Technicolor




Porque metade de mim é o que eu grito,
Mas a outra metade é silêncio…
(Oswaldo Montenegro)



“Que esta minha paz e este meu amado silêncio não iludam a ninguém. Acho-me relativamente feliz porque nada de exterior me acontece…
Mas, em mim, na minha alma, pressinto que vou ter um terremoto.”

Mário Quintana



“Quando a gente ama, a gente entrega a alma para alguém que não sabe direito nem o que fazer com a própria.”


“Mantenha-se atrás da faixa amarela, não chegue muito perto, não acerque-se de meus traumas, não invada meus mistérios, não atrite-se com o meu passado, não tente entender nada: é proibido tocar no sagrado de cada um.”
(Martha Medeiros)



Eu também sou vítima de sonhos adiados,
de esperanças dilaceradas, mas, apesar disso,
eu ainda tenho um sonho,
porque a gente não pode desistir da vida.
(Martin Luther King)



”É preciso que você venha nesse exato momento. Abandone os antes. Chame do que quiser. Mas venha… Quero dividir meus erros, loucuras, beijos, chocolates…Apague minhas interrogações. Quero acabar com as leis da física,dois corpos ocuparem o mesmo lugar! Não nego. Tenho um grande medo de ser sozinha. Não sou pedaço. Mas não me basto.” 
Caio Fernando Abreu



“Gosto de viver. Algumas vezes me sinto muito, desesperadamente, loucamente miserável, atormentada pela aflição, mas mesmo diante disso tudo eu compreendo que estar viva é uma coisa grandiosa.” 
[ Agatha Christie ]



Hoje eu acordei sem nada no estômago, sem nada no coracão, sem ter para onde correr, sem colo, sem peito, sem ter onde encostar, sem ter quem culpar. hoje eu acordei sem ter quem amar, mas aí eu olhei no espelho e vi, pela primeira vez na vida, a única pessoa que pode realmente me fazer feliz.Tati Bernardi


“Inconscientemente, parecia querer buscar em autores, filmes e músicas, algum tipo de consolo. Como se alguém precisasse chegar bem perto de mim, colocar um das mãos em meu ombro e dizer que aquilo era normal. Que acontecia também com outras pessoas… E que iria passar. Que realmente a dor um dia iria passar…” 
(Caio Fernando Abreu)



Penso em você apesar de não sentir sua falta e muito menos sua presença. penso em você porque sinto um vazio, que eu não sei do quê e nem por quê. Revelo, então, mais uma vez, minha estupidez, já que não é você quem vai me salvar e nem muito menos me catapultar pra uma dimensão mais tranquila e menos ansiosa de coisas que não têm nome.
C. Abreu



“Quando a aflição aperta, quando o corpo se nos desmanda de dor e angústia, então é que se vê o animalzinho que somos.” 
José Saramago


“Nossa maior tragédia é não saber o que fazer com a vida”. 
(José Saramago)


Eu sou do contra. Não vão me dirigir não. Decifra-me ou devoro-te? Não vai me devorar nem eu me decifrar, nunca. Eu sou a esfinge, e daí? 
[ Elis Regina ]


Há quem entenda o que eu digo, há quem entenda o que eu penso, há quem entenda o que eu sinto e há quem não entenda nada.


“De algum secreto lugar me vem a força para erguer a xícara, acender o cigarro, e até sorrir quando alguém me diz: ‘Você hoje está com a cara ótima’, quando penso se não doeria menos jogar-me de um décimo primeiro andar.”
(Lya Luft)



“Sou dramática, intensa, transitória e tenho uma alegria em mim que quase me deixa exausta.
Eu sei sorrir com os olhos e gargalhar com o corpo todo. 
Eu sei chorar toda encolhida abraçando as pernas. 
Por isso, não me venha com meios-termos, com mais ou menos ou qualquer coisa. ” 
Clarice Lispector



“Liberdade é pouco.
O que eu desejo ainda
não tem nome.”
(Clarice Lispector)



“Se tens um coração de ferro, bom proveito.
O meu, fizeram-no de carne,
e sangra todo dia.”
(José Saramago)



“Com todo perdão da palavra, eu sou um mistério para mim.”
Clarice Lispector.




Anúncios